Como lojistas se adaptaram durante a pandemia

Como lojistas se adaptaram durante a pandemia

No dia 19 de março de 2020 foram os primeiros fechamentos: o Cinema e a Academia. Dois depois, em 21 de março, 100% das lojas e da praça de alimentação encerraram suas atividades no Shopping 3 Américas por tempo indeterminado, devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

Nesta quinta-feira (21.05), completou-se dois meses que as atividades no mal forma suspensas. Ainda coberto de incertezas, o momento histórico que o mundo atravessa deve mostrar seus reflexos pelos próximos anos. Enquanto não há fórmulas mágicas, lojistas e a própria administração vem buscando opções até então pouco utilizadas ou até mesmo inimagináveis.

“Sabemos que vivemos um cenário inédito e, por isso mesmo, isso gera medos e frustrações. De nossa parte, temos feitos longos planejamentos e pensado em estratégias para nossa reabertura, que será da forma mais segura e focada na higienização dos ambientes e saúde de nossos lojistas e clientes. Mas também criamos, por exemplo, uma landing page no nosso site, para que os clientes possam acessar as marcas que têm feitos vendas on-line. Foi uma forma de contribuir para que a movimentação nas compras, bem como dos empregos, continuem”, destaca a presidente da Associação dos Lojistas do Shopping 3 Américas, Acilene Clini.

As compras on-line, aliás, dispararam. Em março, dados da Compre e Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, a alta das vendas totais foi de 40% na primeira quinzena daquele mês. Outro relatório da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), mostra um aumento significativo no consumo das categorias de “saúde” (111%), “supermercados” (80%) e “beleza e perfumaria” (83%) no primeiro bimestre de 2020, se comparado ao mesmo período do ano anterior.

“Antes da pandemia, nosso foco era a venda no espaço físico. Não tínhamos muita atenção e dedicação ao WhatsApp e delivery. O cenário mudou. Estamos 100% focados nas vendas online e também estamos em aplicativos de entrega de alimentos, como iFood e Bee. O objetivo é manter a loja funcionando, o negócio rodando e fazendo chegar aos nosso clientes. Nossas campanhas de Páscoa e Dia das Mães, por exemplo, foram um sucesso”, explica Fabiane Louly, da Louly Chocolates.

Também focada na venda on-line, a gerente da Comfortable Shoes, Sirlei Guedes, explica que o caminho para chegar na solução foi coberto de tentativa e erro. “No comecinho do fechamento do 3 Américas, pensei muito em estratégias que pudessem movimentar nossa loja. Aí criei um site. Não deu muito certo. Foi aí que usei minha base de clientes no WhatsApp e comecei a mandar nossos produtos, formas de pagamentos e facilidades em lista de  transmissão. Informei que estávamos com serviço de delivery também e uma cliente foi chamando a outra e assim temos feitos boas vendas”, completa.

No segmento alimentar, a Urus Steakhouse foi outra marca que teve que se adaptar durante a pandemia. “Nós focamos bastante em divulgação on-line de nossos produtos, de nosso delivery próprio e também via aplicativos de comida. Também fizemos algumas promoções e estamos sempre atentos às nossas redes sociais. Já prevendo nosso retorno, já nos adequamos conforme normas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e fomos atrás do que há de mais moderno para que nossos clientes se sintam seguros quando estiverem de volta”, pontua Jean Clini, empresário a frente do restaurante.

REABERTURA Ainda sem data definida pela Prefeitura de Cuiabá para a reabertura, o Shopping 3 Américas já tem planejado e desenvolvido opções de segurança para receber lojistas e clientes.

O Shopping contará com sinalizações, adesivos e informações sobre necessidade de distanciamento, controle da quantidade de pessoas por elevador, dispensadores de álcool em gel nos corredores e funcionários nas portas do shopping aferindo a temperatura dos clientes. Todas as medidas serão visando, sempre, a saúde e segurança dos lojistas e clientes.

INFORMAÇÕES – Para mais informações, confira sempre as redes sociais oficiais do Shopping 3 Américas, bem como o site: https://www.instagram.com/shopping3americas/, www.facebook.com/shopping3americas e https://www.youtube.com/user/ShoppingTresAmericas.

 

2020-05-22T14:45:57-04:00 22 de maio de 2020|Blog|0 Comentários